Localize-se em cada setor

Saiba mais sobre cada jardim

Estacionamento, Recepção / Gift Shop, Café.

Patamares (Flower Steps) Contenção construída com dormentes, cruzetas e tábuas reaproveitadas.

Mostra os três pilares de amantikir: Diversidade, Sustentabilidade e Educação (origem  Parque  André Citroën,  Paris – França).

Tapete Verde (Green Carpet) Faz referência aos espetaculares gramados dos parques ingleses, com alta qualidade e contornos bem definidos. Em amantikir serve de área para eventos, espaço de meditação ou heliponto. (origem Inglaterra)

Lago das Pontes (Bridge´s Pond) Lago construído de forma alongada para receber pontes orientais, sendo uma delas construída somente com encaixes, segundo projeto de Sir Isaac Newton. (origem Japão)

Bosque Outonal (Fall Color Garden) Com árvores como Plátanos, Carvalhos e Áceres que mudam a cor das folhas no outono e no inverno. (origem Canadá)

Alemão (German Garden) Com abundância de cores e espécies, sua posição privilegiada permite uma espetacular visão do conjunto de jardins que compõem a fase 1. (origem Alemanha)

Jardim Chinês De origem muito antiga (século IV a.C.), utiliza elementos úteis à vida dos camponeses, como o monte de lenha (Meda) e a ponte, sendo construídos com cuidados estéticos primários. No seu ponto central temos uma Porta da Lua, que marca de forma clara a passagem entre o mundo exterior e o refúgio do lar. Essa porta era um símbolo da riqueza e poder na China antiga. (Origem: China)

Jardim Japonês Os japoneses uniram a arte da jardinagem a aspectos de meditação e espiritualidade. Cada um de seus elementos possui uma profunda simbologia, como as Lanternas, que significam a luz da sabedoria iluminando nossos pensamentos; as Pontes ensinam que para evoluir é preciso superar os obstáculos e as Pedras que representam nossos ancestrais, lembrados com respeito e reverência. (Origem: Japão)

Jardim Arquitetônico A Arquitetura e o Paisagismo são artes complementares, muitas vezes confundidas ou entendidas como uma coisa única. Em amantikir criamos um jardim apenas com elementos Arquitetônicos para ressaltar suas diferenças. Com pouco uso de plantas e muitos elementos construídos, esse espaço é quase insensível às estações do ano. (Origem: Brasil)

Trilha das Bromélias As bromélias não são parasitas, elas usam os troncos das árvores apenas para suporte. Por isso são chamadas de Epífitas. Digerem detritos orgânicos que são colhidos pelo “copo”, criado por suas folhas, dispostas em forma de roseta, que captam a água das chuvas. Assim elas podem sobreviver sem que as suas raízes toquem o solo (Origem: Brasil)

Coníferas (Pine Garden) As Coníferas (ou pinheiros), originárias das regiões frias do planeta, cujos órgãos reprodutivos (cones ou pinhas) dão sua denominação, são plantas sem flores, que têm forma piramidal e seiva oleosa (resina). Não perdem as folhas mesmo sob a neve. (origem Japão)

Capins (Grass Garden) Com plantas em touceiras que produzem flores em forma de pluma. Os capins são importantes na alimentação humana e animal. No paisagismo  dão grande leveza e suavidade aos espaços (origem Estados Unidos e Canadá).

Raízes (Roots Garden) Arranjo paisagístico elaborado com Cepos de árvores mortas, existentes na área original do parque. É notável que sementes trazidas pelo vento germinaram sobre os tocos e hoje temos Manacás crescendo sem contato com o solo. É a magia da natureza (origem Brasil).

Árido (Dry Garden) Feito com plantas suculentas, cactos e outras com baixa necessidade de regas. Sua técnica de construção favorece a rápida drenagem da água das chuvas. As pedras e pedriscos aumentam a evaporação em dias ensolarados (origem México).

Mirante (Belvedere) Visão da paisagem do Vale do Lageado, situado mais de 700 metros em desnível em relação ao parque. O vale divisa os municípios de Campos do Jordão, São Bento do Sapucaí e Santo Antônio do Pinhal (origem Suíça – Neuchâtel).

Escola/Restaurante (School Garden) Formado pelos canteiros e jardineiras que circundam o prédio da escola de jardinagem. Guarda segredos pedagógicos como a horta paisagística e a coleção de Narcisos que florescem no inverno. (origem Suíça)

Estufa (Greenhouse) Produz as plantas utilizadas em amantikir. É de livre visitação. Visitas técnicas a estufa, apenas para grupos, precisam ser agendadas com no mínimo 48h de antecedência. (origem Brasil)

Francês (French Garden) É uma pequena representação das normas rígidas usadas no estilo francês. Foi feito com drenos ecológicos, usando 2.500 garrafas PET de 2 litros. (origem França)

Espelho D’Água (Water Mirror) Lago onde temos plantas aquáticas e peixes ornamentais. A cada hora do dia, sua superfície reflete uma diferente porção do céu e dos jardins de amantikir. (origem Itália)

Jardim Inglês (English Garden) Apaixonados pelas plantas, os ingleses criaram um estilo que mistura formas, cores e texturas. Este espaço busca retratar um jardim rural inglês, com sua fonte de água corrente e mais de 80 espécies de plantas. (origem Inglaterra)

Labirinto Clássico (Maze) Visto em jardins de castelos na Europa, conta com 450m² de área e 600m de corredores, com paredes de 2,20m de altura. É o maior do Brasil. Um saudável desafio para a mente e uma diversão garantida. (origem Inglaterra)

Labirinto de Grama (Grass Labirinth) Foi criado pelos Celtas no século IV A.C. Usado na antiguidade como lugar sagrado, tem forte apelo esotérico. Tornou-se o principal Cartão Postal de amantikir. (origem Inglaterra)

Rock Garden Jardim rústico com pedras e plantas de intensa floração, nele as plantas são deixadas livres, sem interferência. É chamado de jardim sem jardineiro. (origem Califórnia – Estados Unidos)

Lareira / Ruínas (Outdoor Fireplace / Ruins) Como nas lareiras da Andaluzia, foi criada com a demolição parcial de uma antiga construção. Nele vemos a composição de vasos gigantes. (Origem Espanha)

Austríaco (Salzburg Gardens) Inspirado nos jardins do Palácio Mirabell, na cidade austríaca de Salzburg, com canteiros de flores em meio aos gramados. (origem Áustria)

Sombra (Shade Garden) Situado na porção leste do parque, com plantas que preferem locais protegidos da luz solar direta. (origem Brasil)

Autoral (Author´s Garden) Inspirado na «Moldura de Innsbruck», este jardim original representa uma inesquecível lembrança de Campos do Jordão. (Innsbruck – Áustria / Campos do Jordão – Brasil)